Tumor de Wilms - Diagnóstico

A avaliação laboratorial e radiológica de um paciente com suspeita de tumor de Wilms é feita com hemograma completo, provas de função renal e hepática, urina tipo I, ultra-sonografia abdominal (para esclarecer a origem renal da massa, suas medidas e suas características), ultrasonografia-Doppler (para averiguar a presença de trombo em veia cava) e radiografia (RX) simples de tórax (para determinar a presença de metástases pulmonares).

Em alguns casos podem ser necessários: a tomografia computadorizada (TC) de abdome (para avaliar com mais detalhes a natureza e extensão da massa podendo também detectar trombo na veia cava inferior e pequenos tumores no rim contralateral); a TC de tórax (para detectar pequenos nódulos não visíveis no RX simples), mapeamento ósseo e RX de esqueleto (para pacientes com Sarcoma de Células Claras – SCC, tumor rabdóide renal e carcinoma renal) e a TC ou ressonância de crânio (para crianças com SCC ou tumor rabdóide renal).