Leococoria, estrabismo, heterocromia, sangramento em parte do olho e vermelhidão são alguns dos sinais do Retinoblastoma.

Por isso, durante uma consulta em que há suspeita de retinoblastoma, o pediatra precisa estar atento aos seguintes sinais:

● reflexo pupilar branco (leucocoria) visível se direcionar luz no olho da criança
● diminuição de visão
● queixa de dor nos olhos
● vermelhidão da parte branca do olho
● abaulamento dos olhos
● cor diferente de cada íris
● estrabismo, apesar de ser raro, também pode ser um sinal de retinoblastoma.

Se a criança apresentar qualquer um desses sinais, é importante encaminhar para um oftalmologista avaliar com mais precisão.

O diagnóstico precoce é imprescindível em qualquer tipo de câncer, pois quanto mais cedo for descoberto, maiores são as chances de cura.

Confira a Cartilha “Retinoblastoma: saiba mais como reconhecer os sinais e sintomas do tumor ocular mais comum na primeira infância”

Revisão médica: Dra. Carla Renata Pacheco Donato Macedo (CRM-SP:82.954), oncologista pediátrica do Hospital do GRAACC

Dr. Luiz Fernando Teixeira (CRM-SP: 94.033), oftalmologista pediátrico do Hospital do GRAACC

Referência: Retinoblastoma: Saiba mais como reconhecer os sinais e sintomas do tumor ocular mais comum na primeira infância”


Compartilhe:

Quais passos o pediatra deve seguir para o diagnóstico precoce?

  As leucemias agudas são o tipo de câncer infantil mais comum, possuindo um período...

Jantar Gala GRAACC 2022

Este ano, o GRAACC comemora três décadas onde levamos chances de cura para crianças e...

Artista francês pinta capacete de Pipo Derani para ação em prol do nosso hospital

Um dos principais nomes do endurance mundial, piloto fecha parceria com o artista Jisbar e...